Setembro 2016

  • Manuel Tungavo vence António Jacinto

    Manuel Tungavo vence António Jacinto

    30.09.2016

    O livro “Os segredos da semente e a pintura do olhar”, da autoria de Manuel Tungavo, 33 anos, natural da província do Huambo, é o grande vencedor da edição 2016 do Prémio Literário António Jacinto, cuja outorga do troféu foi realizada quarta-feira, à noite, no Palácio de Ferro, na Baixa de Luanda.

     O vencedor do prémio recebeu o diploma de mérito e um cheque no valor de 850 mil kwanzas das mãos do secretário do Estado da Cultura, Cornélio Caley, e do representante do presidente do Conselho de Administração do Banco Poupança e Crédito (BPC), patrocinador do concurso, António Panguila, respectivamente.


    O livro premiado constitui um poemário que marca o início do percurso do novo autor que procura integrar as influências de vozes notáveis da poesia angolana.

    O secretário de Estado da Cultura exortou os jovens a buscarem mais conhecimentos sobre a obra e vida de António Jacinto, por ser uma das grandes figuras notáveis da literatura angolana, principalmente na arte da escrita de poemas. 

    Cornélio Caley disse que a poesia de António Jacinto vai passar de geração em geração, pois, como frisou, “todos vencedores do prémio não só privilegiam António Jacinto, assim como a cultura nacional.”
    De acordo com o governante, o Ministério da Cultura deseja que o prémio seja conhecido de Cabinda ao Cunene, para despertar “a vontade de cada um de nós de transmitir o que nos vem na alma”, disse.

    António Panguila garantiu que, apesar da crise económica que o país enfrenta devido à baixa do preço do petróleo no mercado mundial, o Banco Poupança e Crédito vai continuar a apoiar não só o prémio em questão, mas também outras iniciativas culturais, no âmbito do seu programa de acção social.

    O escritor António Fonseca, que prefaciou o livro e apresentou-o na cerimónia de outorga, disse que Manuel Tungavo começou bem a sua carreira literária, por ser um poeta da nova geração que inicia um percurso apresentando à luz do dia com arte e mestria “Os segredos da semente e a pintura do olhar”.
    Na óptica de António Fonseca, o vencedor da presente edição do Prémio literário António Jacinto é um novo iluminado da poesia angolana. Manuel Tungavo disse ao Jornal de Angola que a sua grande meta, nessa caminhada ainda longínqua, é a conquista do mercado literário nacional e, posteriormente, a internacionalização dos seus escritos.

    Para o vencedor, este galardão representa o mais alto e sublime momento da sua trajectória artística, uma vez que é atribuído no mês de Setembro, dedicado ao Poeta Maior, António Agostinho Neto.

    Valorização


    Instituído em 1993, o concurso tem como finalidade homenagear o poeta António Jacinto do Amaral Martins, uma referência da literatura e cultura nacional. O prémio tem também um grande objectivo: a descoberta de novos criadores para serem inseridos no mercado literário. Desde a sua instituição, já foram consagrados 21 escritores, cujas obras foram 14 em poesia e sete em prosa, bem como atribuídas sete menções honrosas. O concurso é realizado pelo Instituto Nacional das Indústriaa Culturais, com o apoio do BPC.

    António Jacinto nasceu em 1924, no Cuanza Norte, notabilizou-se como poeta e contista da geração Mensagem e como membro do Movimento de Novos Intelectuais de Angola. 


Manuel Tungavo vence António Jacinto

30.09.2016

Manuel Tungavo vence António Jacinto

O livro “Os segredos da semente e a pintura do olhar”, da autoria de Manuel Tungavo, 33 anos, natural da província do Hu...

BPC apoia Hospital Municipal do Cazenga

12.09.2016

BPC apoia Hospital Municipal do Cazenga

O Banco de Poupança e Crédito (BPC), no âmbito da sua política de responsabilidade social, doou, recentemente, em Luanda...

BNA vende divisas acima dos EUR 100 milhões em quatro dias

27.09.2016

BNA vende divisas acima dos EUR 100 milhões em quatro dias

O Banco Nacional de Angola (BNA) vendeu à banca, entre os dias 19 à 23 do mês em curso, um montante de divisas no valor ...

BPC exige cheques a partir de Novembro

21.09.2016

BPC exige cheques a partir de Novembro

O Banco de Poupança e Crédito (BPC) anunciou recentemente, Luanda que, a partir de Novembro, passa a exigir cheques para...

Damba ganha agência BPC

05.09.2016

Damba ganha agência BPC

O município da Damba, que dista 197 quilómetros a norte da sede capital da província do Uíge, conta desde sábado com uma...