Maio 2016

  • CÂMARA DE COMÉRCIO SIMPLIFICA LINGUAGEM FINANCEIRA

    CÂMARA DE COMÉRCIO SIMPLIFICA LINGUAGEM FINANCEIRA

    26.05.2016

    Existe alguma forma de tornar simples, para o empresariado Angolano, a linguagem financeira e a forma como ele está estruturado no País: a resposta é sim, de acordo com a Câmara de Comércio e Indústria de Angola (CCIA).

    Para demonstrar, de forma prática, tal convicção, a CCIA acaba de lançar um livro denominado “Como aceder aos bancos em Angola – literacia financeira para empresários”, que sintetiza o formato funcional do sistema financeiro Angolano.

    O estudo, cujo um dos patrocinadores foi o Banco de Poupança e Créditos (BPC), tem um formato A4, ao modelo de revistas periódicas, 84 páginas, subdivididos em 8 capítulos. “O sector necessita de iniciativas como esta, na medida em que aproxima o empresariado ao sector financeiro”, disse um representante do Banco BIC.

    Elaborado com o suporte técnico da agência Mulemba Austral Consultores e financiado por BPC, BFA, BCA, Banco Bic, Bic Seguros, Universal Seguros e BTA, o estudo discorre sobre os conceitos de sistema financeiro, as entidades de supervisão que a compõe, os serviços financeiros em Angola, as instituições financeiras não bancárias, entidades do sistema financeiro Angolano, o mercado segurador e os bancos comerciais a operar em Angola.

    “Este estudo vem colmatar a falha de informação condensada e de consulta rápida sobre o sector financeiro nacional”, disse José Marcos, do Banco de Comércio de Angola (BCA). “Iniciativas do gênero melhoram a relação entre as seguradoras, a banca e o consumidor dos serviços, no caso, o empresariado”, comentou, por sua vez, João Martins da Universal Seguros.

    Comercializado a Akz.5.000, o estudo “Como aceder aos bancos em Angola – Literacia financeira para empresários” é uma reedição, actualizada, de um estudo realizado pela Câmara de Comércio e Indústria de Angola (CCIA) no ano de 2000, baseada num paradigma de pesquisas do Centro de Comércio Internacional.

    “O momento actual justifica a actualização do estudo, quer para fortalecer os vários actores empresariais, quer para assegurar uma maior confiança com o sector financeiro em Angola”, defendeu o Secretário Geral da Câmara de Comércio e Indústria, António Tiago Gomes.

    “Hoje, precisamos de engajar todos os actores e incentivarmos a realização de uma verdadeira diplomacia económica”, acrescentou o responsável.

    O lançamento do estudo ocorreu num hotel da capital Angolana, Luanda, com o acto em que o Ministro do Comércio, Fiel Constantino, foi representado pela Directora do Instituto Nacional da Defesa do Consumidor (INADEC), Paulina Semedo.

    “O tornar simples a linguagem financeira e o seu sector é fundamental. Na verdade, é preciso massificar a difusão deste estudo, porque a falta de literacia financeira é uma actividade crítica que não só indefine o futuro de nações inteiras, mas impede sobretudo que grandes franjas da população seja incapaz de aceder aos serviços financeiros fundamentais”, concluiu Paulina Semedo.

    Fonte: DMI/BPC


CÂMARA DE COMÉRCIO SIMPLIFICA LINGUAGEM FINANCEIRA

26.05.2016

CÂMARA DE COMÉRCIO SIMPLIFICA LINGUAGEM FINANCEIRA

Existe alguma forma de tornar simples, para o empresariado Angolano, a linguagem financeira e a forma como ele está estr...

BPC COMPROMETIDO COM SEGURANÇA INFORMÁTICA

18.05.2016

BPC COMPROMETIDO COM SEGURANÇA INFORMÁTICA

O Banco de Poupança e Créditos (BPC) garantiu, esta quarta-feira, que está comprometido com a superação de questões liga...

BPC compra divisas ao BNA

24.05.2016

BPC compra divisas ao BNA

De acordo a publicação do Jornal de Angola (J.A) o Banco de Poupança e Crédito (BPC) comprou do Banco Nacional de Angola...

Cuanza Norte já tem vencedora do concurso BPC Construções na areia

16.05.2016

Cuanza Norte já tem vencedora do concurso BPC Construções na areia

Maria Rodrigues venceu domingo, na cidade de N’Dalatando, capital da província do Cuanza Norte, com 334 pontos, a fase p...

BASTÃO DE DIOGO CÃO RENDE PRÉMIO A CRIANÇA NO ZAIRE

13.05.2016

BASTÃO DE DIOGO CÃO RENDE PRÉMIO A CRIANÇA NO ZAIRE

A história colonial de Angola, por via de eventos ocorridos na província do Zaire, acaba de ser recordada em escultura d...

ANGOLA QUER MELHORAR LITERACIA FINANCEIRA DE CIDADÃOS

13.05.2016

ANGOLA QUER MELHORAR LITERACIA FINANCEIRA DE CIDADÃOS

No momento em que se procura motivar os angolanos, no geral, para que empreendam e, por via disso, se diversifiquem as a...

MUSEU DA MOEDA AGRADA SECTOR BANCÁRIO

09.05.2016

MUSEU DA MOEDA AGRADA SECTOR BANCÁRIO

Três líderes executivos do sector bancário angolano, nomeadamente Paixão Júnior (BPC), José de Lima Massano (BAI) e Emíd...

APIEX PROMOVE FÓRUM DE INVESTIMENTO DIRECTO ESTRANGEIRO

09.05.2016

APIEX PROMOVE FÓRUM DE INVESTIMENTO DIRECTO ESTRANGEIRO

Um fórum de investimento directo estrangeiro realiza-se dia 13 deste mês, em Luanda, com o objectivo de captar investime...